Casa & Família Viajar & Comer

Dica de Viagem – Circuito do Ouro: Ouro Preto e Mariana

Já contei que o primeiro passeio fora de Belo Horizonte  com a Valentina foi na cidade histórica de Ouro Preto.

Situada à 95 km da Capital Mineira, ou seja uma viagem de 1:30 à 2:00, ideal para fazer com bebês pequenos.

Ficamos hospedados no Grande Hotel Ouro Preto, que é um dos monumentos modernos da cidade que se destaca por ter sido arquitetado pelo Oscar Niemeyer.

Conseguimos uma diária com o valor razoável, na Suíte Nobre (quarto super espaço), pelo Booking, considerando que a reserva foi realizada de um dia para o outro.

Após realizar a reserva, ligamos para o hotel que providenciou um berço para o quarto.

A localização do hotel é excelente, principalmente para quem deseja realizar os passeios turísticos e conhecer a gastronomia da cidade à pé.

A vista do quarto era muito bonita um mesclado de ambiente natural com monumentos que são lindas obras da arte barroca.

O serviço prestado é muito bom: café da manhã com variedades, funcionários atenciosos e educados. A piscina não aproveitamos, pois estava chovendo. É uma boa opção para se hospedar com crianças.

Como ficamos apenas de um dia para o outro e com bebê amamentando ainda em livre demanda, visitamos poucos locais, em Ouro Preto:

  • Praça Tiradentes: já contei um pouco da história do Tiradentes aqui, o morro da Santa Quitéria, praça da Inconfidência e hoje a praça Tiradentes é um importante local história do país: foi onde a cabeça do mártir Tiradentes foi exposta, após o seu esquartejamento, como forma de represália para que ninguém mais ousasse a se rebelar contra coroa .

É considerado o ponto de partida de todo turista que vai a Ouro Preto.

  • Feira do Largo Coimbra (Pedra Sabão): Localizado em frente a Igreja São Francisco de Assis, o espaço sempre foi utilizado para compra, venda e troca de mercadorias.

Hoje uma Associação local reúne expositores para comercializar seus produtos: jóias, peças decorativas, jogos, acessórios entre outros suvenires feitos em pedras. É um ótimo lugar para comprar presentes e levar recordações de Ouro Preto.

  • Museu da Inconfidência: Localizado na praça Tiradentes, a antiga Casa da Câmara e Cadeia possui obras de artes barrocas dos artistas Ataíde e Aleijadinho, além de um arsenal histórico sobre a inconfidência.

Quando visitamos tinha um grupo de estudantes do sul do país, que inclusive estavam hospedados no mesmo hotel , com um guia turístico, achei super válida a presença dele que explicou cada obra das 17 salas. Sugiro que a visitação seja realizada com um guia para entender melhor a história, o motivo e até mesmo algumas curiosidades de cada peça exposta.

  • Restaurante O passo: para quem gosta de lugares sofisticados com um preço justo.

É um restaurante super intimista que serve pratos refinados, o ambiente é super elegante, rústico e uma decoração composta por antiguidades de muito bom gosto.

Para as noites frias da cidade uma boa pedida são as massas da casa que possui também uma vasta carta de vinhos e cervejas e excelentes combinações de sucos naturais.

As sobremesas também são de muito bom gosto. Funcionários super atenciosos, ambiente aconchegante e comida de excelente qualidade, vale a pena conferir.

Como a cidade de Mariana estava a apenas 15 km de Ouro Preto, resolvemos dá uma passadinha lá antes de retornar para BH, visitamos:

Basílica, Pátio, Igreja Nossa Senhora do Carmo e Igreja São Francisco
  • Praça Minas Gerais: é o local que possui o maior patrimônio histórico de Mariana. Nela se localiza a Câmera Municipal, o Pelourinho e as Igrejas de São Francisco e de Nossa Senhora do Carmo.

Aqui também usamos os serviços do guia que nos contou toda a história de disputa e proibições entre as duas igrejas que pertenciam a irmandades diferentes e também sobre o incêndio que destruiu boa parte das obras e da construção da Igreja Nossa Senhora do Carmo.

A Igreja de São Francisco estava fechada para visitação, pois estava em processo de restauração.

  • Praça Gomes Freire: foi um dos locais que mais gostei do passeio, depois de uma parada para almoçar no segundo dia, sentamos na praça para um descanso antes de continuar o passeio.

Respirar o ar puro, observando aquele verde todo, trouxe uma paz que só as cidades interioranas trazem. Vale a pena conferir.

  • Basílica de São Pedro dos Clérigos: é uma das principais atrações turísticas de Mariana. A Igreja é uma importante obra Barroca com influências italianas e em formato oval.

Em frente a igreja no pátio onde eram enforcados  os escravos é possível ver boa parte da cidade, uma vista maravilhosa.

As cidades possuem muitos pontos turísticos e várias obras de artes para serem visitadas, vale a pena conferir.

Estes foram os lugares que visitei e gostei é uma dica de passeio para fazer com o seu bebê.

Para mim valeu muito, pois estava a mais ou menos noventa dias em casa só cuidando da minha princesinha e sair para respirar outros ares e saber um pouco mais da história do nosso país, que eu adoro, fez muito bem para mim e também para ela que dormiu durante toda a visitação do museu, mas ficou encantada olhando para todos os lados nos outros passeios.

Depois volto para contar o que foi essencial levar para ela nesta primeira viagem.

Espero que tenham gostado da dica, um dia abençoado para todos.

Deixe aqui um comentário para a gente!!!